A Banda Nação Palmares tem seu marco em 20 de novembro de 2013, quando se deu sua gênese e lançamento no cenário da música reggae de Alagoas. Sua representatividade consiste em difundir expressões culturais, através do qual os indivíduos podem ter acesso à informação, ao conhecimento, também ao lazer e ao entretenimento, por meio da apropriação e revitalização simbólica da música numa vertente reflexiva e propositiva. Em função disso, a Nação Palmares assume uma postura de compromisso com a ampliação da cidadania e do acesso aos bens culturais e, ao atuar na música, que é uma das principais expressões artísticas que existe, busca o fortalecimento dos valores acima destacados. As letras da banda são caracterizadas pela presença de temas que estão presentes no cotidiano dos alagoanos, como as desigualdades, a violência e tantos outros problemas sociais, e, também, pelos aspectos motivacionais, que tem o objetivo central de levar os ouvintes a refletirem sobre sua condição social, sobre as possibilidades de mudança e a importância de se informar e participar ativamente da construção de uma sociedade melhor, inclusiva, tolerante e democrática, capaz de potencializar as riquezas estético-culturais do Estado, cuja riqueza simbólica é muito diversa e merece ser fomentada pelo poder público e pela sociedade civil.

A Nação Palmares é uma banda de roots-reggae maceioense, onde convergem influências sonoras clássicas e contemporâneas que, ao serem misturadas, criam uma sonoridade autêntica e bastante inovadora. É composta pelos seguintes integrantes: Ed Salus (vocal e guitarras), Alex Carvalho Salustiano (guitarras solo), Wagner Galvão (bateria), Schandler Farias (contrabaixo), Luiz Carlos (teclados).

Contato:
Edemerson Salustiano da Silva ( 32.868.359/0000-17 )